quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

Há coisas!




Tem coisas na vida, por mais que queiramos
não as podemos evitar.
A tristeza! Asolidão!
A angustia! A desilusão!
A paixão! A alegria!
O amor!
Umas, talvez as possamos contornar, mas outras não!
- Tristeza quando se aloja, vem pra ficar!
É uma chata que demora a partir!
- Solidão, mesmo que não queiramos... Ela puxa-nos.
Como somos fracos, vamos atrás!
- Angustia? Essa não há volta a dar, tem um jeitinho para nos abordar!
- Desilusão é fácil adquirir.
Basta acreditar no que não está certo passado um tempo, meses ou mesmo anos...
Truz, truz.... Lá está ela! A desilusão.
- Paixão não tem comando...
Vem e vai como quem está a ver um programa na TV.
Não gosta, muda de canal. Paixão é isso! Sem control!
_ Alegria!..... Uiiiiii! ......Indefenido!
_ Amor? Hummm! Isso é?
Histórias lindas que se ouvem, lêem e se vêem,
mas é só para os outros, porque para nós....
è sempre muito vago,
ou então, não o descobrimos ainda e julgamos sempre que sim!
Porque é que estou a escrever isto?
.... Nem eu sei!
Provavelmente sinto-me triste, sózinha, angustiada, desíludida, não apaixonada e sem "Love" para dar!
É muito triste chegar aos quarenta e sete anos e pensar assim.
Como se a vida que vivi nao tivesse tido significado ou sentido algum!
Parece tudo mentira! Provavelmente até foi!
Um engano! Uma desilusão!
Talvez!
Então?
É só mais uma vida ...

2 comentários:

Alberto Martins disse...

Bem vindos os teus estados de espírito Milú!!!

Não deixes nada por dizer...

Alberto Martins

Anónimo disse...

Já sabia que a Milu é uma pessoa voluntariosa e provou isso quando trabalhou numa associação de solidariedade social de Bustos.
O que não lhe conhecia eram os dotes de poetisa, ainda por cima virada para a tristeza e a angústia e frustração.
Faz lembrar 2 grandes poetas portugueses, a Florbela Espanca e o António Nobre. Mas seria bom lembrar que a 1ª se suicidou e o António Nobre morreu tuberculoso.
Melhor destino prà Milu Francisco Aires, são os votos do Carlos.